A história do B.A.T.O.M!

Senta que lá vem a história!

Do mundo das rainhas egípcias até nós, o batom percorreu uma longa e rica trajetória. Os tons sofreram mudanças, mas a fina camada de cor nunca abandonou os lábios femininos.

Acentuar o vermelho dos lábios é um dos hábitos mais antigos na história da vaidade feminina. O costume de colorir a boca tem suas raízes no Egito pela rainha Nefertiti. Para deixar a boca mais bonita, as mulheres egípcias usavam pigmentos extraídos de plantas, de rochas ou mesmo de frutos como as amoras. Já as gregas apelavam para uma raiz vermelha chamada polderos, que depois de triturada era misturada com mel para deixar os lábios brilhantes e úmidos.

No começo do século passado, Rhocopis, um perfumista francês, inventou o “baton serviteur”, uma massa feita de talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão de cor vermelha que era vendido numa embalagem de papel de seda.

No segundo ano da Primeira Guerra Mundial, apareceu nos Estados Unidos um derivado do batom e a sua difusão na América do Norte foi rápida. Em 1921, o tubinho era, nas páginas da revista Vogue, tema de uma elegante publicidade dirigida a todas as mulheres “de classe”.

A fórmula sólida do batom que conhecemos hoje teve início na década de 1930 e com as novas técnicas, ele não apenas dá cor, mas também protege a pele delicada dos lábios contra o frio, o vento e o sol.

Em 1770, o parlamento inglês decretou proibição ao uso de pigmentos nos lábios por considerar que esta prática era um artifício que as mulheres possuíam para seduzir e manipular os homens.

Em 1921, o batom ganhou o formato atual de bala e estojo, e começou a ser comercializado em Paris. Logo se tornou objeto de desejo e seu sucesso foi tão grande que em 1930 os estojos de batom dominaram o mercado americano e daí espalharam-se pelo mundo afora.

Curiosidades:

> Na Grécia, no século II, havia uma lei que impedia que as mulheres de usar batom antes do casamento.

> Na Espanha do século VI, só usavam batom as mulheres das classes sociais mais baixas.

> Em 1770, o parlamento inglês decretou proibição o uso de pigmentos nos lábios por considerar que esta prática era um artifício que as mulheres possuíam para seduzir e manipular os homens.

… Ѽ …

Tags: , , ,

One Response to “A história do B.A.T.O.M!”

  1. Love Lyrics disse:

    I found this post while searching for downloads. Thanks for sharing will come back regularly and will email this article to my all my friends.

Leave a Reply